Pixar lança primeiro teaser de “Soul”

A Disney lançou o primeiro trailer do mais recente projeto de animação da Pixar, Soul. Parece que será outro ótimo filme e conta uma maravilhosa história instigante que parece mais voltada para adultos que nos fará chorar tanto no cinema quanto em casa… prepare os lenços, pessoal!
Basicamente, conta um fato super triste sobre um cara que trabalhou duro o suficiente para viver seu sonho de ser músico de jazz. Então, quando a oportunidade de viver esse sonho se apresenta … ele morre. o.Õ
Soul foi dirigido por Pete Docter, co-dirigido por Kemp Powers e produzido por Dana Murray. Segundo Docter, a ideia para a história está em produção há 23 anos. “Começou com meu filho – ele tem 23 anos agora – mas no instante em que nasceu, ele já tinha uma personalidade. De onde isso veio? Eu pensei que sua personalidade se desenvolvesse através de sua interação com o mundo. E, no entanto, ficou bem claro que todos nascemos com um senso muito específico de quem somos.
Soul apresenta Joe Gardner, um professor de banda do ensino médio cuja verdadeira paixão é tocar jazz. “Eu acho que Joe está passando pela crise que todos os artistas têm”, diz Powers. “Ele está cada vez mais sentindo que seu sonho de ser músico de jazz não vai dar certo e se pergunta: ‘Por que estou aqui? O que devo fazer? Joe personifica essas perguntas”. No filme, quando Joe pensa que seu sonho pode estar ao alcance, um único passo inesperado o envia para um lugar fantástico, onde ele é forçado a pensar novamente sobre o que realmente significa ter alma. É aí que ele se encontra e, finalmente, se une a 22, uma alma que não acha que a vida na Terra é tudo o que se pensa. “A comédia vem naturalmente“, diz Murray. “Mas a emoção sutil que revela a verdade aos personagens é realmente algo especial.

A previsão de estreia é para 2020, mas você já pode se emocionar agora, assista:

 

A Teoria da Pixar

 

Estariam todas as animações da Pixar conectadas? | Foto: Reprodução

Estariam todas as animações da Pixar conectadas? | Foto: Reprodução

Há algumas semanas, um texto de Jon Negroni viralizou mundo afora por apresentar uma teoria mirabolante, mas bem plausível: a de que todos os filmes da Pixar foram produzidos em um único universo, mas em épocas diferentes. Incluem-se na suposta linha do tempo única todos os trabalhos do estúdio, dentre eles: Valente (2012), Ratatouille (2007), Os Incríveis (2004), Procurando Nemo (2003), Toy Story 1, 2 e 3 (1995, 1999 e 2010), Up – Altas Aventuras (2009), Carros 1 e 2 (2006 e 2011), Wall-E (2008), Vida de Inseto (1998) e Monstros S.A. (2001).

Com certeza, sua cabeça irá explodir de forma absurda quando você conectar os pontos das diferentes histórias, através dessa teoria. E o pessoal do canal Nostalgia fez um vídeo em português, ilustrando a “The Pixar Theory“. Não estão explicados onde entram outros trabalhos do estúdio lançados nesse ano ou ainda a lançar, como Universidade Monstros (junho de 2013), Aviões (setembro de 2013) ou Procurando Dory (novembro de 2015). Mas o certo é que eles se encaixam, em um momento ou outro da linha do tempo. Assista e tire suas conclusões!