Novo Tomb Raider será exclusivo para Xbox

 

Novo título com a heroína Lara Croft só irá rodar nos consoles da Microsoft

Rise_of_the_tomb_raider

Para os fãs da Lara Croft que são donos de Playstation, temos más notícias: a nova edição de Tomb Raider será um produto exclusivo para Xbox One e Xbox 360. A informação foi confirmada pela Microsoft durante a Gamescom 2014, maior feira de games da Europa.
A Crystal Dynamics, produtora do jogo, emitiu um comunicado justificando a ausência do jogo nas plataformas Sony. Segundo a empresa, o lançamento exclusivo para as plataformas da Microsoft é uma retribuição da Crystal Dynamics pelo inequívoco apoio que a companhia de Bill Gates prestou ao game. A aposta da produtora é que, com o apoio ainda maior da Microsoft, Rise of Tomb Raider seja o maior e melhor jogo da franquia.
Quando anunciado na E3 2014, o jogo gerou enormes expectativas — sendo um dos destaques da feira. A notícia da exclusividade pegou todo mundo de surpresa. Veja o trailer:

Rise of Tomb Raider tem lançamento marcado para o final de 2015.

Microsoft anuncia oficialmente Halo 5: Guardians

A espera por um novo Halo em console da Microsoft foi oficialmente anunciado, então prepare-se para ficar ansioso e esperar mais um pouco.

halo

Se lembra que o trailer do Halo da E3 do ano passado, onde o Master Chief foi inexplicavelmente revestido em trapos (apesar de usar sua armadura icônica) vagando por um deserto em algum planeta em algum lugar, apenas para descobrir esta estrutura desajeitada que emergem do solo e se desdobram em algum tipo de pássaro gigante e ameaçador? Era promessa da Microsoft de que a história de Halo não acabou, e que a sua continuação da próxima geração seria um Halo que mexeria muito com nossas mentes, pelo menos mais uma vez. Sabemos agora que este jogo vai ser chamado de Halo 5: Guardians, e sabemos também que vamos ter que esperar mais um tempo (que não é pouco) para jogarmos.
Segue o trailer do menino Halo 5:

Google anuncia Android 4.4 KitKat

Você também vai querer um pedaço dele | Foto: Reprodução

Você também vai querer um pedaço dele | Foto: Reprodução

 

No dia em que atingiu a marca de 1 bilhão de celulares, tablets e outros dispositivos móveis usando Android, o Google fez um anúncio que movimentou os noticiários mundo afora: depois de atualizar o Jelly Bean (4.1) por três vezes, a gigante das buscas passa a trabalhar na próxima versão do seu sistema operacional: será o Android 4.4 (KitKat). Não, você não leu errado: o novo SO leva o nome do famoso chocolate da Nestlé, que vem ganhando espaço no Brasil. O patrocínio é inédito, e a Hershey’s – licenciada para vender o KitKat nos Estados Unidos – já está promovendo ações especiais para os consumidores da guloseima.

 

No hotsite criado pelo Google para fazer o anúncio, são citadas a tradição da linhagem Android e as origens da parceria: “O Android é o sistema operacional que está presente em mais de 1 bilhão de smartphones e tablets. Como esses dispositivos deixam nossas vidas mais doces, cada versão do Android recebe o nome de alguma sobremesa: 1.5 Cupcake, 1.6 Donut (rosquinha), 2.0 Eclair (bomba de chocolate), 2.2 Froyo (“frozen yogurt”, o popular iogurte congelado), 2.3 Gingerbread (biscoitinho de gengibre), 3.0 Honeycomb (favo de mel), 4.0 Ice Cream Sandwich (sanduíche de sorvete) e 4.1 Jelly Bean (jujuba). Como todo mundo tem dificuldade de ficar longe do chocolate, nós decidimos nomear a próxima versão do Android com uma das nossas sobremesas favoritas, o Kit Kat!”

 

Ainda não há data para que o Android 4.4 KitKat seja oficialmente lançado, mas isso deve ser anunciado nas próximas semanas. Se você usa ou pretende comprar um smartphone/tablet com Android, deve consultar com a fabricante se o modelo em questão será ou não atualizado. A tendência é que smartphones lançados com o Ice Cream Sandwich nativo não sejam atualizados para o KitKat, “forçando” os consumidores a comprar novos aparelhos, mas isso varia de marca para marca.

 

Presidentes de Nokia e Microsoft anunciaram o negócio nesta semana | Foto: Reprodução

Presidentes de Nokia e Microsoft anunciaram o negócio nesta semana | Foto: Reprodução

 

Microsoft compra a Nokia
Ontem, outra gigante foi às compras: a Microsoft anunciou a compra da divisão de smartphones da empresa finlandesa, por M€ 5440 (5,44 bilhões de euros), o equivalente a mais de 17 bilhões de reais. Desde 2011, os smartphones da Nokia passaram do defasado Symbian para o Windows Phone (mais moderno), através da linha Lumia. O WP, aliás, já é o segundo sistema operacional utilizado em gadgets na América Latina, perdendo apenas para o Android. Os executivos da empresa americana afirmaram em carta que a operação é o “próximo capítulo” na história da fabricante de celulares, que já foi líder na venda de aparelhos móveis, mas perdeu espaço para Samsung e Apple.