Apple trocará carregadores piratas de iPhone por originais

Agora é guerra: Apple quer tirar carregadores não-oficiais do mercado | Foto: Reprodução

Agora é guerra: Apple quer tirar carregadores não-oficiais do mercado | Foto: Reprodução

 

A Apple anunciou na semana passada um programa mundial para substituição de adaptadores USB de terceiros e falsificados. O anúncio acontece depois que uma mulher chinesa foi eletrocutada e morta na China, no mês passado, supostamente ao usar um carregador não-autorizado da Apple. Os consumidores poderão comprar um adaptador USB por US$ 10 dólares (cerca de R$ 22,68) na moeda local do consumidor. A troca será feita em lojas e prestadores de serviços autorizados da Apple, e vai de 16 agosto a 18 outubro. Qualquer pessoa que queira aceitar a oferta terá que fornecer o número de série do seu iPhone, iPad ou iPod, e entregar um carregador USB. O preço reduzido carregadores Apple vai ser limitado a um por dispositivo.

 

Em meados de julho, a Apple disse que estava investigando relatos que a chinesa Ma Ailun teria sido morta quando atendeu a uma chamada do seu iPhone 5, enquanto o aparelho estava ligado a um carregador conectado a uma tomada. Tal carregador, que não era original, mais tarde foi apontado como a causa do óbito. Segundo a BBC, a decisão está relacionada diretamente com a morte da chinesa. Sem citar o caso de Ma Ailun, a empresa da maçã declarou que “questões de segurança” a levaram a tomar a iniciativa de criar tal programa mundial para substituir carregadores USB falsificados.

 

Com informações de O Globo

Case de iPhone localiza objetos perdidos

Gadget é capaz de localizar objetos e telefones | Foto: Divulgação

Gadget é capaz de localizar objetos e telefones | Foto: Divulgação

Quantas vezes você já se viu procurando suas chaves feito um doido, ao sair de casa? Quantas vezes você xingou até a quinta geração dos inimigos porque não encontrava o controle remoto da TV bem na hora que sua série favorita ia começar? Com certeza, em muitas oportunidades. Há anos, as pessoas procuram uma solução simples que acabe com esses problemas. E agora, ela já existe! Sejamos todos gratos aos inventores da case para iPhone BiKN, que consegue localizar objetos perdidos num instante. É uma daquelas cases essenciais para os geeks mais distraídos, principalmente quando se pensa no tempo de procura que você vai economizar.

A BiKN foi desenvolvida pela BiKN Design, LLC e tem incorporada uma tecnologia única, pelo menos no que se refere às cases normais para iPhone. Junto com um app específico, a case transmite ondas de rádio de baixa frequência para encontrar seus itens perdidos. As tags que acompanham o produto são leves e fáceis de conectar ao que você quiser, e com certeza você nunca mais fique procurando as coisas pela casa, já que ele é capaz de encontrar objetos e telefones num raio de até 500 pés (cerca de 150 metros).

Com certeza, é um gadget sensacional, mas o preço é bem salgado… O kit básico da case BiKN sai por US$ 129,99, o equivalente a R$ 254,48. Há varias combinações de cores disponíveis, e ela funciona perfeitamente no iPhone 4S e iPhone 5.