Ação coloca cachaça em The Big Bang Theory

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

 

Os americanos mais atentos que assistiram um dos episódios mais recentes do seriado The Big Bang Theory, no canal de televisão CBS, se depararam com um produto inusitado na cozinha do apartamento da personagem Penny: uma garrafa de 51. O “placement”, que é a divulgação de um produto colocando-o de forma “orgânica” no cenário, como se ele fizesse parte da decoração, foi criado e desenvolvido pela agência 3 Apitos e a produtora de conteúdo Monarca Group.

 

No Brasil, o 21º episódio da sexta temporada (“The Closure Alternative“) foi transmitido pelo canal Warner Channel na última terça (30) à noite. A série também é transmitida na TV aberta pelo SBT. Segundo a Cia. Müller de Bebidas, dona da Cachaça 51, o episódio foi assistido nos Estados Unidos por 15,05 milhões de pessoas e a bebida apareceu em três cenas. Veja abaixo o teaser do episódio, em HD:

 
 

O episódio foi exibido nos States duas semanas após o país reconhecer oficialmente a cachaça como produto genuinamente brasileiro. Antes, o “mé” tinha que ser vendido com o selo “brazilian rum”. A decisão foi anunciada pelo governo norte-americano em março, fruto de um pedido feito pelo Brasil em 2001. Sócio da 3 Apitos e um dos responsáveis pela campanha, o empresário Paulo Pontes diz que a ideia é valorizar a marca nacionalmente: “[A ideia é acabar com] esse estigma de vira-lata do brasileiro, de não se apropriar do que é seu, de criticar a própria bebida.” “No exterior, a 51 custa mais de US$ 20 [cerca de R$ 40]. É uma marca que representa o Brasil lá fora.” Nos supermercados brasileiros, o produto sai por menos de R$ 5.

 

Com informações da Folha

Miniprojetor inspirado no Instagram será lançado

Projecteo usa fotos do Instagram em estilo retrô | Foto: Divulgação

Projecteo usa fotos do Instagram em estilo retrô | Foto: Divulgação

Se você está no Instagram – quem não tem, né? – com certeza adoraria ver suas fotos de gatos e comida projetadas na parede de casa, como nossos pais faziam nos anos 80 e 90. Você até poderia pensar em exibi-las direto do smartphone via HDMI, ou transferir para o computador e de lá passá-las pro projetor, mas seria fácil (e espaçoso) demais. O Projecteo nasceu para satisfazer os hipsters que ainda usam equipamentos físicos!

O inventor Benjamin Redford criou o produto e muito em breve ele pode parar na sua sala. Depois de arrecadar fundos pelo portal de crowdfunding Kickstarter, o projeto deve ganhar o coração dos compradores a partir de março, quando as maquininhas serão enviadas de Londres para o resto do mundo. Basicamente, é um miniprojetor de slides de imagens de 35mm absurdamente portátil. Ele vem com um aplicativo para iPhone, onde você pode customizar as rodas de projeção de slides a partir das suas fotos do Instagram e imprimi-las em filmes, para serem projetadas no aparelhinho.

Tão pequeno e tão funcional, já dá pra pensar em sair levando o Projecteo na mala de viagem e poder conferir suas recordações sempre que quiser, em qualquer superfície e de um jeito bem vintage. A edição vendida no Kickstarter teve exemplares vendidos a partir de apenas US$ 25 (cerca de R$ 49,16). Para saber mais sobre a iniciativa, confira o blog da empresa. Aproveite para ver mais fotos do gadget: