Regra 34: Google Glass já tem aplicativo pornô

Tits & Glass é o primeiro aplicativo só para maiores no Google Glass | Foto: Reprodução

Tits & Glass é o primeiro aplicativo só para maiores no Google Glass | Foto: Reprodução

 

Uma das máximas da internet é a famosa regra 34: “se uma coisa existe, há pornografia dela. Sem exceções”. Os óculos do maior buscador do mundo, também conhecidos como Google Glass, mal chegaram ao mercado e – logicamente – já há opções para os mais tarados assistirem pornô nele. A empresa de entretenimento adulto MiKandi lançou nesta segunda-feira (3) o Tits & Glass, que leva aos usuários filmes e fotos registrados com o novo gadget. “Diferente de outras câmeras, o uso do Glass é fácil e familiar. Por isso, você pode esquecer da tecnologia em sua cabeça e aproveitar o momento. O resultado é um visual autêntico da experiência de quem está vestindo”, explicou Jennifer McEwen, cofundadora da MiKandi, ao site Mashable.

 

Além de oferecer conteúdo gerado pelo Glass, a empresa está interessada em usar a tecnologia para experiências mais íntimas. Como exemplo, Jennifer cita o potencial para casais que moram longe e para modelos que se exibem pela internet. “Nós estamos excitados com as possibilidades do Glass para aplicações mais interativas”, disse.

 

Obviamente, serão feitas imagens em primeira pessoa num formato conhecido como POV (“ponto de vista”, em inglês), mas o que o pessoal da MiKandi está de olho são as características sociais do Glass. “Com o Glass, você pode compartilhar e interagir com os fãs e seguidores, permitindo que eles acessem intimamente suas experiências”, afirma Jennifer.

 

Assista o vídeo de demonstração do Tits and Glass, em HD:

 
 

Com informações de O Globo

Google deve abrir lojas físicas

Sergey Brin, presidente do Google | Foto: Reprodução

Sergey Brin, presidente do Google | Foto: Reprodução

 

O Google se prepara para abrir uma rede de lojas de varejo. A informação é do site 9to5Google, que diz tê-la recebido de uma fonte “extremamente confiável”. Elas deverão vender seus smartphones e tablets Nexus, além dos óculos Google Glass, que a empresa pretende lançar para o público geral no segundo semestre. O blog diz que as novas lojas vão vender uma ampla gama de produtos. Pode-se supor que os aparelhos da linha estarão entre eles, assim como os Chromebooks, notebooks que rodam o sistema operacional Chrome OS e funcionam em conjunto com serviços e aplicativos do Google na web.

 

Mas, segundo a fonte, a principal razão para essa investida no varejo seria divulgar os óculos inteligentes. Os gadgets, que obviamente rodam o sistema Android, exibem informações para o usuário e captam imagens por meio de uma câmera embutida, além de funcionar como viva voz para o smartphone. Estima-se que o Google Glass vá custar entre 500 e 1.000 dólares nos Estados Unidos. É o preço de um ótimo tablet, por exemplo. Mas muitos consumidores nem sabem para que serve o aparelhinho futurista. Assim, o Google teria chegado à conclusão de que a melhor maneira de vendê-lo é deixar as pessoas experimentá-lo. Para isso serviriam as lojas. Numa etapa posterior, a empresa teria decidido vender outros produtos nelas. As primeiras lojas devem ser abertas nos Estados Unidos, até o fim deste ano.

 

E o fato é que o gigante das buscas já vem testando o varejo há algum tempo. Nos Estados Unidos, a empresa tem quiosques dentro das lojas de eletrônicos Best Buy e até em aeroportos – estes em parceria com a Virgin. Servem para divulgar os Chromebooks. Se o Google quiser inspiração, pode dar uma olhada nas lojas da Apple. São 400 unidades em 14 países. Elas são muito lucrativas, como já declarou o CEO Tim Cook, e as mais bem localizadas estão sempre lotadas. Além disso, são estratégicas para divulgar os produtos da Apple. Mas imitar esse modelo não é fácil. Tanto a Microsoft como a Samsung possuem suas próprias lojas de varejo, mas estão longe do sucesso extraordinário da Apple nessa área. Talvez o Google tenha de encontrar sua própria fórmula em vez de apenas copiar a da rival.

 

Com informações da INFO