Receita: Margarita de maracujá

¡Arriba, arriba! Veja como preparar margaritas de maracujá | Foto: Reprodução

¡Arriba, arriba! Veja como preparar margaritas de maracujá | Foto: Reprodução

 

Sexta-feira é dia de enfiar o pé na jaca, e nada melhor que a receita de um drink com tequila S2 <3 CORASSAUM por aqui, né? Aprenda a fazer uma Margarita de maracujá!

 

* Ingredientes:

 

– 50 ml de tequila (preferencialmente gold)
– 25 ml de Licor tipo Triple Sec
– 150 ml de suco de maracujá natural
– 2 colheres de sopa de mel
– Sementes de maracujá
– Sal e limão (para decorar)
– Gelo

 

Modo de preparo: 1 – Coloque sal em um prato; 2 – Passe limão na borda das taças, depois vire o copo no pratinho com sal para que o sal grude na borda das taças; 3 – Em uma coqueteleira, coloque o gelo, o mel, o licor, a tequila e o suco de maracujá; 4 – Agite bem e distribua nas taças, coando o gelo; 5 – Coloque uma colher de sopa de sementinhas de maracujá no fundo da taça. Bon appétit!

 

Gostou? Essa receita rende duas porções, e logicamente só deve ser feita por maiores de 18 anos. E nem pense em dirigir depois de beber uma taça dessas… Voilà!

Ação coloca cachaça em The Big Bang Theory

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

 

Os americanos mais atentos que assistiram um dos episódios mais recentes do seriado The Big Bang Theory, no canal de televisão CBS, se depararam com um produto inusitado na cozinha do apartamento da personagem Penny: uma garrafa de 51. O “placement”, que é a divulgação de um produto colocando-o de forma “orgânica” no cenário, como se ele fizesse parte da decoração, foi criado e desenvolvido pela agência 3 Apitos e a produtora de conteúdo Monarca Group.

 

No Brasil, o 21º episódio da sexta temporada (“The Closure Alternative“) foi transmitido pelo canal Warner Channel na última terça (30) à noite. A série também é transmitida na TV aberta pelo SBT. Segundo a Cia. Müller de Bebidas, dona da Cachaça 51, o episódio foi assistido nos Estados Unidos por 15,05 milhões de pessoas e a bebida apareceu em três cenas. Veja abaixo o teaser do episódio, em HD:

 
 

O episódio foi exibido nos States duas semanas após o país reconhecer oficialmente a cachaça como produto genuinamente brasileiro. Antes, o “mé” tinha que ser vendido com o selo “brazilian rum”. A decisão foi anunciada pelo governo norte-americano em março, fruto de um pedido feito pelo Brasil em 2001. Sócio da 3 Apitos e um dos responsáveis pela campanha, o empresário Paulo Pontes diz que a ideia é valorizar a marca nacionalmente: “[A ideia é acabar com] esse estigma de vira-lata do brasileiro, de não se apropriar do que é seu, de criticar a própria bebida.” “No exterior, a 51 custa mais de US$ 20 [cerca de R$ 40]. É uma marca que representa o Brasil lá fora.” Nos supermercados brasileiros, o produto sai por menos de R$ 5.

 

Com informações da Folha

Cerveja faz bem e ajuda mulheres a perderem peso

Com baixo teor alcoólico, a cerveja é feita geralmente de cevada e lúpulo | Foto: Reprodução

Com baixo teor alcoólico, a cerveja é feita geralmente de cevada e lúpulo | Foto: Reprodução

 

Seja para brindar bons momentos ou conversar com as amigas no bar, a cerveja tem conquistado cada vez mais o universo feminino. Mas, com o prazer de degustar a bebida, vêm, para algumas mulheres, os medos causados pelo efeito do álcool, como a popular “barriguinha de chope” ou até mesmo doenças no fígado. A bota notícia é que, se consumida moderadamente, a cerveja pode trazer uma série de benefícios à saúde feminina.

 

“O consumo moderado é de 20g de álcool para homem, o que equivale a duas latas de cerveja, e 10g para mulher por dia, o que equivale a uma. Tem que ser em porções fracionadas. Se você tomar 30 latas num único dia do mês, vai acumular a concentração de álcool e levar a efeitos negativos”, explica Fredson Costa Serejo, doutor em ciências biológicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. “É preciso deixar claro que o consumo deve ser moderado. É como um medicamento. Se consumido corretamente, faz bem à saúde, mas se tomar em excesso, pode virar um veneno”, compara.

 

Ela é apreciada em mesas de bares, mas tem a má fama de causar gordura abdominal, tanto que algumas pessoas costumam usar a expressão “barriga de chopp” ou “barriga de cerveja” quando bebem demais. Mas segundo os especialistas, nenhum estudo comprova essa associação popular. “A cerveja por si só tem um conteúdo calórico. Se além do consumo calórico permitido diariamente você ultrapassar o limite por causa do excesso da cerveja, vai acabar engordando. Mas a ideia de que a cerveja dá barriga existe porque as pessoas sempre bebem acompanhando alguma porção calórica, como pizza ou batata frita”, explica Serejo.

 

Sem excesso, a cerveja não engorda. Pelo contrário, desde que seja consumida em doses moderadas, a bebida oferece alguns nutrientes que podem ajudar na briga contra a balança. Isso porque ela estimula a produção de um hormônio no tecido adiposo chamado adiponectina, que atua no metabolismo de gorduras. De acordo com estudos, níveis elevados desse hormônio estão associados a menos riscos de doenças cardiovasculares e no melhor controle do peso corporal.

 

O levantamento aponta que a ingestão diária de uma ou duas latas de cerveja por mulheres antes da menopausa resultou em aumento dos níveis de adiponectina em aproximadamente 8% após três semanas. “O álcool por si só também tem seus efeitos e pode aumentar o HDL, conhecido como colesterol bom”, explica Fredson. Isso previne a deposição de placas de gordura nos vasos sanguíneos, ajuda no funcionamento do fígado e reduz o risco de infarto. E aí? Vai uma cervejinha?

 

Com informações do Terra Mulher

Táxis americanos rodam com máquinas de refrigerante

E aí, vai beber o quê? | Foto: Reprodução

E aí, vai beber o quê? | Foto: Reprodução

 

As pessoas que andam de táxi nos Estados Unidos não precisam mais se preocupar com a sede enquanto estão dentro dos veículos amarelinhos. Por apenas US$ 0,99 (cerca de R$ 1,99) os passageiros podem adquirir uma latinha de bebida não-alcoólica. A iniciativa teve início na cidade de Nova Orleans, no estado de Louisiana, e já abrange 250 carros da Orleans Carriage Cab, que disponibilizam máquinas de vender refrigerantes para o uso dos passageiros. Os equipamentos são controlados por meio de um painel touchscreen localizado na parte traseira do banco do passageiro e as opções oferecidas são estritamente de bebidas sem álcool.

 

Isso é o que eu chamo de frigobar | Foto: Reprodução

Isso é o que eu chamo de frigobar | Foto: Reprodução

 

Ainda não há depoimentos sobre motoristas brigando com passageiros que derramam refrigerante no estofamento dos veículos. Claro que, com o balançar da trajetória natural dos táxis, as latas tendem a estourar assim que forem abertas, espirrando líquido para todos os lados… Mesmo assim, a novidade é muito legal e imaginamos se algum dia essa moda ainda vai pegar aqui no Brasil. O que você acha?

 

Com informações do Techtudo

Que tal um drink bem gelado? | Foto: Reprodução

Copos de festa feitos de gelo

Que tal um drink bem gelado? | Foto: Reprodução

Que tal um drink bem gelado? | Foto: Reprodução

O verão é a época mais propícia do ano para drinks à beira da piscina, gatinhas pegando sol de topless com pouca roupa, um verdadeiro paraíso… E nesses tempos mais quentes, que tal oferecer algo bem gelado aos seus amigos e convidados? Mas é gelado MESMO, com direito a usar luvas para não se queimar! E para isso, você só precisa de forminhas especiais, que moldam copos de shots perfeitamente.

 

A espessura do gelo é da medida exata para que, enquanto você bebe o drink, ele vai se fundindo ao copo, deixando mais frio e se solidificando, enquanto o recipiente vai derretendo lentamente. Isso ajuda você a acrescentar ainda mais criatividade nos seus drinks, já que você não precisa usar só água pra fazer os copos, pode até usar sucos prontos e coloridos. Quando você começa a pensar no assunto, as ideias são infinitas! Uma caixa com 12 forminhas sai por módicos 20 dólares (cerca de R$ 39) na Amazon. Bem barato, não? Já me deu vontade de tomar um cold shot de tequila… <3