Ação coloca cachaça em The Big Bang Theory

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

Em novo episódio da série, a cachaça 51 aparece no apartamento de Penny | Foto: Reprodução

 

Os americanos mais atentos que assistiram um dos episódios mais recentes do seriado The Big Bang Theory, no canal de televisão CBS, se depararam com um produto inusitado na cozinha do apartamento da personagem Penny: uma garrafa de 51. O “placement”, que é a divulgação de um produto colocando-o de forma “orgânica” no cenário, como se ele fizesse parte da decoração, foi criado e desenvolvido pela agência 3 Apitos e a produtora de conteúdo Monarca Group.

 

No Brasil, o 21º episódio da sexta temporada (“The Closure Alternative“) foi transmitido pelo canal Warner Channel na última terça (30) à noite. A série também é transmitida na TV aberta pelo SBT. Segundo a Cia. Müller de Bebidas, dona da Cachaça 51, o episódio foi assistido nos Estados Unidos por 15,05 milhões de pessoas e a bebida apareceu em três cenas. Veja abaixo o teaser do episódio, em HD:

 
 

O episódio foi exibido nos States duas semanas após o país reconhecer oficialmente a cachaça como produto genuinamente brasileiro. Antes, o “mé” tinha que ser vendido com o selo “brazilian rum”. A decisão foi anunciada pelo governo norte-americano em março, fruto de um pedido feito pelo Brasil em 2001. Sócio da 3 Apitos e um dos responsáveis pela campanha, o empresário Paulo Pontes diz que a ideia é valorizar a marca nacionalmente: “[A ideia é acabar com] esse estigma de vira-lata do brasileiro, de não se apropriar do que é seu, de criticar a própria bebida.” “No exterior, a 51 custa mais de US$ 20 [cerca de R$ 40]. É uma marca que representa o Brasil lá fora.” Nos supermercados brasileiros, o produto sai por menos de R$ 5.

 

Com informações da Folha

Scarlett Johansson vira super-heroína dopada em novo filme

Scarlett Johansson na Calçada da Fama de Hollywood | Foto: Reprodução

Scarlett Johansson na Calçada da Fama de Hollywood | Foto: Reprodução

 

O diretor francês Luc Besson vai contar com a atriz americana Scarlett Johansson em seu novo filme de ação, “Lucy”, informou a revista especializada The Hollywood Reporter. O estudo Universal Pictures se encarregará da distribuição mundial exceto na França, China, Bélgica, Holanda e Luxemburgo. Besson escreveu o roteiro do projeto que fala sobre uma mulher forçada a trabalhar para o narcotráfico, até que em uma de suas missões ela ingere drogas e adquire poderes especiais que vão desde absorver conhecimentos de forma instantânea até deslocar objetos com sua mente.

 

O cineasta vai produzir o filme junto com seu sócio da EuropaCorp, Christophe Lambert. A empresa aumentou suas operações nos EUA após o sucesso de “Busca implacável” (2008), protagonizado por Liam Neeson, e sua sequência, lançada no ano passado. “Lucy” manterá Johansson no gênero da ação após ser confirmada como heroína graças a “Os Vingadores” e “Homem de Ferro 2”, em que faz o papel de Viúva Negra. A atriz está rodando atualmente um novo filme sobre o herói Capitão América.

 

Com informações do G1