Lista: 10 curiosidades sobre o Nintendinho

O NES, primeiro console de mesa da Nintendo, comemorou 30 anos de vida no dia 18 de outubro. Para celebrar, veja uma lista com 10 curiosidades imperdíveis sobre o clássico videogame da gigante japonesa.
Entre acessórios úteis e curiosos, aparições em filmes famosos, detalhes das fases iniciais de desenvolvimento e até mesmo alguns ‘parentes’ lançados no Brasil, o Nintendinho, como é conhecido no Brasil, tem muita história para contar nas suas três décadas de vida. Confira:

Limitação de lançamentos

Na tentativa de proteger o console de games de péssima qualidade, a Nintendo estipulou uma quantidade anual máxima de jogos a serem lançados por outras empresas para o aparelho. Isso limitava o NES a receber apenas cinco títulos de ‘third parties’ por ano.
Depois de alguns anos e muitas reclamações das empresas, a gigante japonesa finalmente relaxou suas políticas, e permitiu a chegada de mais games ao aparelho, que o ajudaram a se tornar um dos videogames mais importantes de todos os tempos.

Botões de borracha

Nos primeiros protótipos do Famicon, versão japonesa do console, os controles tinham os botões A e B feitos de borracha. O material supostamente deveria tornar o manuseio mais agradável.
Depois de testes, foi constatado que os botões de borracha insistiam em emperrar no controle, já que ficavam presos na parte de plástico. Ao tentar soltá-los, eles terminavam danificados

Leitor de discos

O Famicon Disk System foi uma tentativa frustrada de expandir as capacidades do console da Nintendo adicionando um leitor de discos. Além de mais baratos, os discos também têm mais armazenamento, e permitiriam jogos maiores e mais complexos.
O projeto infelizmente fracassou, já que a tecnologia era pouco desenvolvida e gerava muitos problemas na hora da execução. Uma versão do Disk System também havia sido planejada para o NES, mas terminou abortada.

Funcionamento da Zapper

A popular pistola do NES sempre intrigou os jogadores, já que parecia muito moderna para sua época. Na prática, o funcionamento da Zapper é bem básico. Ao atirar, toda a tela se torna preta, e então exibe um pequeno quadro branco, onde o alvo está, por uma fração de segundo.
Quando o sensor posicionado na ponta do cano da arma ‘enxerga’ esse quadrado, o alvo será acertado no game. De outra forma, o jogador errará o tiro, e deverá mirar com mais cautela.

Continue lendo…