Presa mulher que agrediu namorado por videogame

Essa felicidade não se repete quando um videogame está no caminho | Foto: Reprodução

Essa felicidade não se repete quando um videogame está no caminho | Foto: Reprodução

 

É quase consenso dizer que os videogames sempre foram inimigos das namoradas. Mas um caso desse conflito rotineiro no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, teve que sofrer interferência da polícia: uma mulher foi presa por agredir o namorado que preferiu jogar a fazer sexo com ela. Os policiais foram chamados por um jovem refugiado em uma loja, afirmando que tinha sido agredido pela própria namorada. O motivo do desentendimento era o fato do rapaz ter preferido jogar videogame a fazer sexo com ela.

 

Eric Zuber contou para a imprensa local que passou dois dias jogando Xbox com os amigos, em vez de namorar com a companheira, Heather Hayes. Furiosa, a jovem teria dado tapas no jovem, socos em suas costas, mordido seu antebraço e, ao final, torcido seus testículos.

 

Assustado, Zuber fugiu da residência e procurou abrigo em uma loja de conveniência próxima, mas que ainda assim foi perseguido por Hayes, que não fez questão de colocar as calças para sair na rua atrás do namorado. Presa ainda sem as calças, a jovem responderá por agressão simples, assédio e atentado ao pudor.

 

Com informações do SRZD

Comentários