Incidente com OVNI em Roswell vira jogo do Doodle

doodle_caso_roswell

O incidente com OVNI em Roswell é relembrado pelo Google com um Doodle especial em recordação aos 66 anos, completados nesta segunda-feira (8). Em julho de 1947, na cidade de Roswell, no Novo México, uma série de acontecimentos teriam ocorrido envolvendo a possível captura dos destroços de um disco voador pela Força Aérea dos Estados Unidos. A ocasião ficou conhecida como “Caso Roswell”, considerado um marco da Ufologia.

O doodle animado de hoje consiste em um jogo de aventura com várias soluções possíveis. Nele, o usuário precisa reunir objetos para reconstruir uma nave espacial e ajudar o extraterrestre a se recuperar de um acidente com seu disco voador para voltar para a casa. Para reconstruir o incidente com OVNI em Roswell basta tocar no símbolo de “play” para uma animação simular a queda do OVNI e depois o internauta poderá controlar o alien, usando apenas as setinhas do mouse e jogar quantas vezes quiser essa novidade.

De acordo com a história, no dia 2 de julho de 1947, na cidade Roswell no novo México, o fazendeiro William “Mac” Brazel cavalgava com o seu filho Vernon, de 8 anos, quando encontrou destroços do que seria um balão meteorológico a 12 quilômetros do rancho em que a família morava. Acostumado a encontrar este tipo de coisa em sua fazenda, Brazel não teria dado importância ao fato, recolhendo o material apenas no feriado de 4 de julho, juntamente com a sua esposa e sua filha mais velha.

incidente-com-ovni-em-roswell-2

Ao contar a história aos Floyd e Loretta Proctor, foi informado de que jornais locais estavam oferecendo até US$ 3 mil por possíveis provas da existência de objetos voadores não identificados (OVNIs). No mês anterior, um piloto norte-americano chamado Kenneth Arnold afirmou ter visto aeronaves fazendo movimentos similares aos de pedras ou discos deslizando sobre a superfície de um lago, o que levou a ser chamado de “discos voadores”.

No dia 7 de julho, o fazendeiro Brazel teria informado o incidente com OVNI ao xerife George Wilcox, do condado de Chavez. O oficial entrou em contato com a base aérea de Roswell, que enviou o Major Billyard Ray Cyrus e o Capitão Sheridan Cavitt, ambos do 509º Grupo de Bombardeiros da Força Aérea Americana, para analisarem os destroços.

incidente-com-ovni-em-roswell-1

No dia seguinte, 8 de julho, o jornal local Roswell Daily Record publicou uma reportagem em sua capa afirmando que o 509º Grupo de Bombardeiros havia se apoderado de destroços de um objeto voador não identificado (OVNI). Com o título “RAAF (‘Roswell Army Air Field’ ou ‘Aeródromo Militar de Roswell’) captura disco voador em rancho na região de Roswell”, a matéria causou uma grande confusão na cidade. Já no dia 9, o mesmo jornal publicou em sua capa “A notícia sobre os discos voadores perde o interesse. O disco do Novo México é apenas um balão meteorológico”. O incidente com OVNI em Roswell é o mais famoso marco da Ufologia, dando supostas provas da existência de vida no espaço sideral.

Versão oficial desmente “disco voador”

Teorias conspiratórias afirmam que a notícia somente foi negada devido a uma campanha de desinformação promovida pelos militares para desacreditarem a população. Os materiais recolhidos haviam sido enviados para análise em instalações secretas dos Estados Unidos e a existência de destroços de um OVNI em Roswell nunca foi confirmada.

lol
A premissa por trás das teorias de quem acredita que era, de fato, um disco voador de extraterrestres, era a mesma: o governo americano também descobriu isso, porém as autoridades decidiram abafar o caso. Oficialmente, há dois relatórios publicados sobre este polêmico incidente, uma de 1994 e outra de 1997.

No primeiro, o OVNI em Roswell  seria um balão meteorológico. No segundo, fala-se dos “corpos” encontrados, que seriam bonecos de um projeto secreto do país na época sobre saltos de paraquedas. Assim, encerrou-se o caso. Apesar disso, há quem ainda crê no acidente alienígena. E, por isso, esta homenagem do Google a mais um fato marcante da história.

via G1.

Comentários