Especial Dia do Café – Kopi Luwak

Hoje, 24 de Maio, é dia Nacional do Café, uma bebida amada por muitos, e com muitas variações também, como o café com leite, café expresso, café preto, capuccino, etc., vou falar da mais curiosa e rara (e também mais cara) delas, o Kopi Luwak.

Uma das várias embalagens.
Kopi Luwak, ou Café Civeta (kopi = café, luwak = civeta), é produzido (acredite ou não) através dos grãos extraídos das fezes (sim, você leu isto) da Civeta, uma espécie de felino pequeno, que habita os arredores do Mar Mediterrâneo.
A Civeta.

A civeta seleciona os grãos antes de come-los, mas só digere a polpa, deixando a semente inteira, as enzimas e bactérias presentes no animal que tornam que são responsáveis pela diferença e qualidade do café.

O Grão.
O motivo da sua raridade é por que a produção dos grãos é muito limitada, em torno de 230 kg por ano, chega a valer quase R$ 1000,00 o kg, e com isso, se torna o café mais caro do mundo. É vendido principalmente no Japão, Europa e Estados Unidos.
Essa xícara custa em torno de 50 Libras Esterlinas.
E aí, vai encarar?
Fonte: Wikipedia.
Comentários