Lista: 10 perfumes com fragrâncias inusitadas

Alguma vez você já passou por alguém no supermercado e a pessoa cheirava mal, como que morreu nela? Se sim, já aconteceu comigo antes também. Mas também tem gente que cheira bem, digo, o perfume dela é gostoso de sentir.
Procurando alguma interessante, achei 10 perfumes inusitados, tanto pelo cheiro quanto pelo que é feito.
Você pode descobrir onde comprá-los, verificando o post original no incrível Flavorwire (algumas estão disponíveis em lojas online, alguns que você pode encontrar no eBay, e um ou dois não existem).
Veja a lista completa clicando em continue lendo:

1. Colônia “The Avengers”

2. Vulva – tem aroma de vagina O_O’
3. Colônia Apple
Most-Unusual-Perfume-Cologne
4. “Flame por BK” – Não há nada como o cheiro sexy de hambúrgueres
Most-Unusual-Perfume-Cologne
5. Paper Passion – Cheiro de livros antigos
Most-Unusual-Perfume-Cologne
6.  Funeral Home – Cheirinho de velório
Most-Unusual-Perfume-Cologne
7.  Famoso perfume de Bacon
Most-Unusual-Perfume-Cologne 
8.  Play-Doh Colônia 
Most-Unusual-Perfume-Cologne 
9. Colônia Lobster –  de crustáceos
Most-Unusual-Perfume-Cologne 
10. DZING! – O cheiro único e engarrafado do circo
Most-Unusual-Perfume-Cologne

Lista: As 11 áreas mais valorizadas de TI – e seus salários

A crescente informatização das mais diversas atividades transforma a tecnologia da informação – ou TI, no jargão profissional – em uma área cada vez mais relevante economicamente. A expansão levou à especialização e, atualmente, é possível encontrar várias subáreas de TI dedicadas a tarefas específicas – e que demandam profissionais com conhecimentos igualmente aprofundados. Confira a seguir as principais divisões do setor e os respectivos salários médios pagos a novatos e a profissionais que atingem o topo da carreira, segundo levantamento da Catho Online, site que reúne e tabula ofertas de empregos e currículos. Deve-se levar em conta que o valor dos vencimentos varia de acordo com o porte da empresa e sua localização geográfica – companhias do Sudeste costumam pagar mais.

Veja as áreas:

1- Administração de Banco de Dados

É o segmento que cuida de todas as informações eletrônicas armazenadas por uma empresa. No caso de instituições financeiras, por exemplo, esses dados incluem nomes de clientes e até valores de transações monetárias efetuadas por grandes corporações.
  • Salário médio para iniciante: 2.400 reais
  • Salário médio no topo da carreira: 8.200 reais

2- Administração de Redes

É o setor que mantém a empresa interconectada e também ligada ao resto do mundo. Responsável pelo acesso à rede local e à internet, exige de seus profissionais grande domínio técnico, pois são necessários conhecimentos avançados de software e também hardware.
  • Salário médio para iniciante: 1.660 reais
  • Salário médio no topo da carreira: 10.000

3- Arquitetura da Informação

É responsável por planejar a estrutura dos mais variados serviços na área de TI. Isso inclui projetar produtos tão diferentes quanto a infraestrutura de um banco de dados e a organização das informações que  serão apresentadas por um site.
  • Salário médio para iniciante: 2.800 reais
  • Salário médio no topo da carreira: 10.500 reais

4- E-Commerce

É uma das divisões mais importantes de TI na atualidade. Envolve o desenvolvimento e manutenção de sistemas de comércio eletrônico, como os utilizados nos grandes sites de varejo, por exemplo. 
  • Salário médio para iniciante: 2.900 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 15.000 reais

5- Processamento de Dados

As atividades principais da área são controle do fluxo de informações e criação de programas que realizarão tarefas específicas das empresas. Por natureza, o setor exige do profissional conhecimentos superficiais de diversas áreas. Consequentemente, costuma oferecer salários menores do que os demais segmentos de TI. 
  • Salário médio para iniciante: 1.300 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 9.000 reais

6- Programação

Os profissionais da área são responsáveis por transformar códigos compreensíveis apenas por computadores em programas que podem ser utilizados por usuários que não tem qualquer conhecimento técnico. As diversas linguagens de programação existentes – como C, .NET e PHP – abrem as portas para muitas possibilidades de especialização. 
  • Salário médio para iniciante: 1.600 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 9.300 reais

7- Qualidade de Software

É o setor responsável por testar e aprovar os programas desenvolvidos por outras equipes e empresas. A tarefa é essencial para garantir a satisfação dos consumidores, que, na prática, lidarão diariamente com os programas. 
  • Salário médio para iniciante: 1.500 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 8.500 reais

8- Segurança da Informação

A proteção de dados é uma das vertentes mais importantes da tecnologia, uma vez que é responsável pela prevenção e combate a ataques criminosos. O especialista desse setor ganha destaque em grandes empresas de comércio eletrônico e instituições financeiras, por exemplo. 
  • Salário médio para iniciante: 2.100 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 9.000 reais

9- Sistemas

É a área responsável pelo planejamento, desenvolvimento e implantação de projetos de TI dentro de uma empresa. Seus profissionais também podem atuar como consultores em outras áreas, orientando os demais colaboradores a instalar e utilizar softwares. 
  • Salário médio para iniciante: 2.000 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 15.500 reais

10- Suporte Técnico em Informática

Indispensável para qualquer empresa, principalmente para aquelas que não têm a tecnologia como foco de negócios. Os profissionais dessa área devem resolver problemas cotidianos de seus clientes internos, como consertar computadores e garantir acesso de todos aos sistemas de uma determinada empresa. 
  • Salário médio para iniciante: 1.300 reais 
  • Salário médio no topo da carreira: 17.000 reais

11- Tecnologia da Informação (subárea)

É o “centro nervoso” de TI – e, por isso, empresta seu nome. A área engloba as divisões de informática, implantação de sistemas da informação, consultoria de sistemas da informação, planejamento, organização e controle administrativo. 
  • Salário médio para iniciante: 1.800 reais
  • Salário médio no topo da carreira: 15.200 reais

Lista: Os 15 sites que mudaram a história da Web

Em comemoração aos 15 anos de WWW, o jornal inglês The Guardian publicou uma listagem dos sites que, segundo seu critério editorial, mudaram, revolucionaram a história da web. A lista é a seguinte:

  1. www.eBay.com – É o maior site de leilões do mundo, a impressionante quantidade de usuários é proporcional a população de nosso país, 180 milhões. Foi fundado em 1995.
  2. www.wikipedia.org – A maior e mais importante enciclopédia online. Está aberta às modificações de qualquer usuário registrado, eu mesmo já acresci/editei vários tópicos por lá. Recebe cerca de 900.000 visitas por dia.
  3. www.napster.com – Site criado por Shawn Fanning em 1999, então com 19 anos, que foi um dos iniciadores da febre de compartilhamento de arquivos. Depois de ter vários problemas legais com gravadoras, produtoras, etc converteu-se para um serviço pago. Atualmente possui cerca de 500.000 assinantes.
  4. www.youtube.com – Um dos maiores fenômenos de comunicação digital dos últimos anos. Foi criado por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim  em 2005 e adqüirido pelo Google no ínicio deste mês (11/2006) pela bagatela de 1,65 bilhão de dólares, registrando um novo recorde na valorização de sites de mídia gerados por usuários. Seus usuários visualizam 100 milhões de videos por dia.
  5. www.blogger.com – Este sistema de publicação de blogs foi fundado por Evan Williams em 1999. Conta com mais de dezoito milhões de usuários. Foi um dos propulsores do fenômeno do blog.
  6. www.friendsreunited.com  Não muito conhecido em nosso país ainda, talvez pela barreira do idioma. Foi fundado em 2000 pelo casal Steve e Julie Pankhurst para reunir velhos amigos de escola. Foi um sucesso quase instantâneo.
  7. www.drudgereport.com – Site muito considerado como meio de comunicação nos EUA. Sua fundação remonta a 1994 pelo, então polêmico, jornalista Matt Drudge.
  8. www.myspace.com – O precursor das redes sociais tipo Orkut. A possibilidade de subir arquivos de áudio atraiu mais de dois milhões de novas bandas de música. O Myspace conta com mais de cem milhões de usuários.
  9. www.amazon.com – O Amazon foi criado por Jeff Bezos em 1994. Foi uma das primeiras companhias com alguma relevância a vender produtos na Internet. O Amazon inclui, igualmente, o Alexa onde você poderá encontrar o ranking de sua página no mundo ou no Brasil, e o a9.com um bom site de busca. Possui mais de 35 milhões de clientes em 250 países.
  10. www.slashdot.org – É considerado um dos sites mais importantes sobre notícias tecnológicas. É visitado por mais de, acreditem ou não, 5 milhões de pessoas por dia.
  11. www.salon.com – Trata-se de uma revista online e ao mesmo tempo uma companhia dos meios de comunicação. O projeto foi iniciado por David Talbot em 1995. Seu site recebe entre 3 milhões a 4 milhões de visitantes únicos ao mês.
  12. www.craigslist.org/  – Uma rede centralizada de comunidades urbanas online. O site possibilita o compartilhamento sem discriminação ou condicionamentos.
  13. www.google.com – Criado em 1998 por Larry Page e Sergey Brin. Nasceu como um motor de buscas da internet, e se transformou numa das companhias de maior crescimento de toda a história. O Google recebe mais de 1 bilhão de consultas ao dia.
  14. www.yahoo.com  – É considerado como o site individual que mais recebe visitas na web, com 3.400 milhões de hits por dia. Fundado em 1994 por David Fio e Jerry Yang, ainda então formandos da Universidade de Stanford. Nos últimos anos se viu eclipsado com a aparição do Google. 
  15. www.easyjet.com – Trata-se da primeira companhia área britânica em oferecer passagens de baixo custo através da Internet. Graças a seu sistema claro e singelo, ganhou a confiança online de muitos clientes. Em 2005 foi utilizado por 30 milhões de passageiros.

Concordam com a lista? Excluiriam ou incluiriam algum deles? Comente 🙂

Lista: 50 coisas que qualquer nerd deve fazer antes de morrer

070828_blog.uncovering.org_geek-forever.jpg (518×389)

  1. Aprender a programar.
  2. Testar um sistema operacional open source.
  3. Configurar meu sistema em dual-boot.
  4. Ensinar uma criança a usar o computador.
  5. Ensinar um parente a consertar um computador.
  6. Construir um computador a partir de peças de reposição.
  7. Começar meu blog Tumblr.
  8. Usar três monitores para a mesma máquina.
  9. Transformar o PC em um media center.
  10. Configurar outro media center para colocá-lo em meu carro.
  11. Ter o controle total sobre o sistema do celular (root).
  12. Testar todas as plataformas móveis.
  13. Desenvolver meu próprio aplicativo.
  14. Ter uma bateria para smartphone que dure o dia inteiro.
  15. Controlar tudo na minha casa com o celular.
  16. Completar uma ligação no iPhone sem que ela caia.
  17. Zerar o Angry Birds, com três estrelas em todas as fases.
  18. Encontrar um bom jogo para meu smartphone que não seja um clone de Angry Birds, Fruit Ninja ou Cut The Rope.
  19. Desenvolver um game para iPhone que se torne o mais vendido da App Store.
  20. Tornar-me um mestre na arte de digitar em teclado virtual (sem usar o corretor automático).
  21. Passar pelo dia nove no Starcraft II
  22. Participar de um ataque conjunto no World of Warcraft.
  23. Ganhar um jogo na Paciência.
  24. Desenvolver uma máquina de realidade virtual para jogos de tiro em primeira pessoa – e jogar todos os games do gênero nela.
  25. Zerar algum Metal Slug em menos de três meses.
  26. Ganhar no Campo Minado em menos de um minuto.
  27. Participar ou organizar uma festa em uma Lan House.
  28. Zerar o Doom II.
  29. Criar o meu mapa para Starcraft ou algum outro game de tiro em primeira pessoa.
  30. Participar de uma campanha no Dungeons & Dragons.
  31. Fazer parte de uma comunidade hacker.
  32. Aprender a soldar.
  33. Programar em BASIC.
  34. Aprender a usar o Arduino.
  35. Imprimir alguma coisa em 3D.
  36. Construir um robô.
  37. Construir um robô com peças de lego.
  38. Instalar o Android em qualquer dispositivo imaginável.
  39. Criar um hack para o Kinect.
  40. Criar um computador que possa ser usado como roupa ou um relógio de pulso que vire um computador.
  41. Viajar ao espaço.
  42. Visitar o Museu de História da Computação no Vale do Silício.
  43. Fazer uma cena para o carro do Google Street View.
  44. Entrar na Área 51 (Bônus: sair da Área 51).
  45. Voar em um jetpack.
  46. Experimentar a gravidade zero em um Boeing 727.
  47. Fazer uma peregrinação para Atenas e ver a Máquina de Anticítera.
  48. Completar uma caça ao tesouro – fictícia – com o uso do GPS (geocaching)
  49. Visitar o Grande Colisor de Hádrons (LHC), localizado próximo à Genebra, na Suíça.
  50. Fazer um cruzeiro geek para matar kobolds – inimigos no jogo Dungeons & Dragons – ou para conversar com fãs da Apple sobre o vinho Merlot enquanto cruza a costa do Oceano Pacífico.
CONCORDA COM A LISTA? O QUE VOCÊ INCLUIRIA E O QUE EXCLUIRIA?