Confirmado: WW2 será ambientado nos anos 80

A diretora do longa Wonder Woman 2, Patty Jenkins, subiu ao palco da CinemaCon e confirmou o boato de longa data de que aconteceria nos anos 80. Ela não mencionou a Guerra Fria, mas desde os anos 80, há uma boa chance de que a Guerra Fria tenha tido um papel na história. “Tenho certeza de que alguns fãs ficarão desapontados com essa notícia, já que ouvi alguns quererem um cenário mais moderno para o filme. Nós ainda não temos detalhes para a história, mas tenho certeza que será a vez de Diana Prince chutar uma bunda soviética. Estou definitivamente interessado em ver o que acontece no filme“, confirma.
A sequência conta com Gal Gadot como Wonder Woman e Kristen Wiig como Cheetah. O filme será lançado em 1 de novembro de 2019.

The Death of Superman: uma prévia da animação da DC Comics

O lançamento digital de Suicide Squad: Hell to Pay foi a oportunidade para descobrir as primeiras imagens da adaptação animada de The Death of Superman, uma das mais notáveis histórias em quadrinhos da história do Homem de Aço! Este bônus de seis minutos do mais recente filme de animação da DC Comics revela a primeira filmagem do filme intercalada com entrevistas com seus criadores e voz de elenco.

Criado por Dan Jurgens e Louise Simonson, a série The Death of Superman foi publicada entre 1992 e 1993. A história conta uma luta impiedosa ocorre entre Doomsday e ele, enquanto os outros membros da Liga da Justiça não tem o que fazer para ajudar o Homem de Aço no que parece ser a última luta de nosso herói…

Veja como seria a animação de Deadpool

Anunciado em maio passado, a animação de Deadpool liderada por Donald Glover foi infelizmente cancelada recentemente pelo FXX por causa das diferenças artísticas entre o escritor/produtor e a direção do canal… Uma decisão que desapontou muito fãs da comunidade do famoso super-herói da Marvel, tanto o potencial do programa (para adultos) era enorme.
Se nunca tivermos a chance de ver essa série na TV, aqui está uma prévia do que poderia ter sido! Dirigido pelo estúdio Titmouse Animation, esta sequência de testes é a oportunidade de encontrar Deadpool em plena luta contra bandidos. Um confronto maluco que acaba inevitavelmente com nosso herói! Note que apesar da alta qualidade desta sequência animada, não foi o estúdio de Titmouse que foi selecionado para fazer a série, mas o Floyd County Productions, o estúdio de animação responsável pela série Archer. De qualquer forma, gostaríamos de ver muito mais:

Ilustradora compara sua evolução em dois anos e o resultado é incrível

Ok, sei que parece um título daqueles posts caça cliques, mas é a verdade! Sabemos que, a prática leva à perfeição e não é de hoje. Se esforçar e continuar a fazer algo que você gosta aumenta consideravelmente a chance de você ficar muito melhor em algo, mas é aquela máxima… se você continuar fazendo isso todos os dias para melhorar.
A ilustradora Lorna Kelleher queria verificar se esse ditado é realmente verdade. Recentemente, ela decidiu medir seu progresso ao recriar algumas de suas obras de arte antigas. Para isso, ela escolheu ilustrações de princesas da Disney que ela desenhou há dois anos e as refez com o traço que usa atualmente. Quando você os coloca lado a lado, há claramente uma diferença enorme, e agora te pergunto: quais você gosta mais, a de 2016 ou 2018? Comente, adorarei saber o que achou 😉

 

Continue lendo…

Logos em suas versões femininas

Para homenagear o Dia Internacional da Mulher, comemorado na semana passada, algumas empresas como Mc Donald’s e MTV alteraram seus logos que usam a letra M para W, em alusão a woman uma iniciativa bacana que mostra que as empresas estão ficando mais antenadas ao empoderamento da mulher.
A Creative Equals, uma organização que apoia mulheres talentosas e promove a diversidade nas indústrias criativas, decidiu substituir logotipos icônicos de diversas marcas por figuras femininas, a fim de destacar as questões da marca desequilibrada na mídia. O projeto incluiu empresas como Pringles, Monopoly, DreamWorks, Schwarzkopf e Bic. A Creative Equals espera que isso traga à tona questões da desigualdade de gênero porque, de acordo com o fundador e CEO da organização, Ali Hanan, 89,5% dos diretores de design são do sexo masculino e podem afetar a identidade de uma marca. Em uma entrevista ao Dezeen, Ali Hanan afirmou que eles não estão atacando nenhuma dessas marcas pessoalmente, mas queriam mostrar uma variedade de exemplos para levar as pessoas a celebrar o Dia Internacional da Mulher e a pensar na necessidade de mais mulheres em posições estratégicas das empresas.
Veja como eles ficaram: