Tênis da Apple dos anos 90

Dependendo de quantos anos você tem, você pode não se lembrar que a Apple tinha uma linha completa de roupas e acessórios na década de 80 e início dos anos 90. Anúncios de roupas da Apple pareceriam bizarros agora, uma vez que ninguém associa a Apple com a moda, se bem que os iPhones, iPads, iPods já viraram moda.
Se você quiser ver mais algumas fotos das vestimentas lançadas pela Apple, é só acessar este link Coleção de roupas da Apple dos anos 80. Como podemos ver, foram feitos de bonés à, até mesmo, sapatos da Apple.
Esse artigo não apresenta a variedade de tênis que a Apple tinha na época, mas fala de um específico. Este tênis da Apple surgiu no início dos anos 90. Ele é feito a partir de couro branco, típico dos sapatos daquela época.
A razão pela qual você, provavelmente, não viu esses sapatos ou essas roupas da Apple por aí é bem simples: a Apple não disponibilizou as vendas para o público. Eles só foram liberados para os funcionários da Apple comprar. Eles, claro, tem o logo da Apple em arco-íris, que é o que torna essas peças ainda mais especiais. Com alguma sorte, um dia alguém poderá comprar essas peças no eBay ou em algum outro lugar, desde que esteja disposto a pagar por essa raridade cobiçada por muitos.

apple-shoes-from-90s-4 apple-shoes-from-90s-1 Continue lendo…

Versão do Clássico Apple II em LEGO

Esse é apenas um das várias versões de LEGO dos computadores antigos da Apple que existem por aí que sempre são tão intrigantes de ver, especialmente porque eles são cheios de detalhes e parece com que você esteja olhando para o computador original.

Há alguns meses atrás, Powerpig construiu o primeiro Macintosh em LEGO. Caso você não tenha visto este post, você pode ver as fotos clicando no link.

Desde então, a construtora criou um kit que você pode comprar para montar as partes por você mesmo. Você pode comprar em Powerpig’s Builds ‘n Things. Hoje vamos lhe mostrar uma outra versão de um computador da Apple. Esta versão LEGO do computador Apple II foi criado por Chiu-Kueng Tsang. O que o torna tão especial é que as peças internas do computador também são feitas de LEGO. Ele inclui duas unidades de disquete, um teclado, um monitor em escala de cinza e uma tampa removível para que você possa ver o interior, onde os componentes internos estão. Ele ainda incluiu o logo correto da Apple.

O Apple II foi criado nos anos 70. Eu nunca vi um pessoalmente, e se você também não conhece, achei melhor incluir uma breve descrição: Segundo a Wikipédia, “O Apple II é um computador doméstico de 8 bits, um dos primeiros produtos de grande sucesso dos microcomputadores produzidos em massa, inicialmente desenvolvidos por Steve Wozniak,  fabricado pela Apple Computer e introduzido no mercado em 1977.” A produção do Apple II (denominado como Apple ][) terminou em 1993. As fotos foram tiradas do flickr chukeung.

 

apple-computer-built-lego-1 apple-computer-built-lego-2 apple-computer-built-lego-3

 

 

O primeiro Macintosh feito em LEGO se parece com o original

Agora que o trailer do filme sobre Steve Jobs foi lançado, há toda uma nova onda de inspiração quando se trata de Steve Jobs e sua história de vida.

Há poucos dias, veio à tona uma foto de Steve Jobs, então com 23 anos, usando um óculos bem engraçado. É um momento raro dele se divertindo, você pode conferir a foto aqui. Outra coisa que surgiu nos últimos dias foi o primeiro Macintosh feito em LEGO.

Se você é familiarizado com a história da Apple, você provavelmente já viu o primeiro anúncio com o primeiro Macintosh de 29 anos atrás. O Macintosh original tornou-se um ícone nostálgico de dedicação e sucesso para os amantes da tecnologia em todo o mundo. O mestre do LEGO Chris McVeigh (também conhecido como Powerpig) recentemente refez o primeiro Macintosh inteiramente de LEGO. Parece exatamente com o do primeiro anúncio. Ele fez tudo isso para comemorar o 29º aniversário do Macintosh original.

De acordo com a página do Flickr do Powerpig, ele vai postar um guia de construção para este modelo dentro das próximas semanas. Ele também vai reunir alguns kits dos blocos LEGO necessários para se construir o item da maneira mais fácil possível.

Este é um exemplo perfeito de uma construção em LEGO inspiradora, que não é feita a partir de centenas de milhares de blocos e que não demorou anos para ser concluído. É bem simples – realmente bom. Se ver este primeiro Macintosh te deixou com vontade de ver mais coisas sobre, você pode conferir os 13 Anúncios da Apple que ajudaram a moldar o que ela é hoje.

first-macintosh-in-lego-1 first-macintosh-in-lego-2

Google deve abrir lojas físicas

Sergey Brin, presidente do Google | Foto: Reprodução

Sergey Brin, presidente do Google | Foto: Reprodução

 

O Google se prepara para abrir uma rede de lojas de varejo. A informação é do site 9to5Google, que diz tê-la recebido de uma fonte “extremamente confiável”. Elas deverão vender seus smartphones e tablets Nexus, além dos óculos Google Glass, que a empresa pretende lançar para o público geral no segundo semestre. O blog diz que as novas lojas vão vender uma ampla gama de produtos. Pode-se supor que os aparelhos da linha estarão entre eles, assim como os Chromebooks, notebooks que rodam o sistema operacional Chrome OS e funcionam em conjunto com serviços e aplicativos do Google na web.

 

Mas, segundo a fonte, a principal razão para essa investida no varejo seria divulgar os óculos inteligentes. Os gadgets, que obviamente rodam o sistema Android, exibem informações para o usuário e captam imagens por meio de uma câmera embutida, além de funcionar como viva voz para o smartphone. Estima-se que o Google Glass vá custar entre 500 e 1.000 dólares nos Estados Unidos. É o preço de um ótimo tablet, por exemplo. Mas muitos consumidores nem sabem para que serve o aparelhinho futurista. Assim, o Google teria chegado à conclusão de que a melhor maneira de vendê-lo é deixar as pessoas experimentá-lo. Para isso serviriam as lojas. Numa etapa posterior, a empresa teria decidido vender outros produtos nelas. As primeiras lojas devem ser abertas nos Estados Unidos, até o fim deste ano.

 

E o fato é que o gigante das buscas já vem testando o varejo há algum tempo. Nos Estados Unidos, a empresa tem quiosques dentro das lojas de eletrônicos Best Buy e até em aeroportos – estes em parceria com a Virgin. Servem para divulgar os Chromebooks. Se o Google quiser inspiração, pode dar uma olhada nas lojas da Apple. São 400 unidades em 14 países. Elas são muito lucrativas, como já declarou o CEO Tim Cook, e as mais bem localizadas estão sempre lotadas. Além disso, são estratégicas para divulgar os produtos da Apple. Mas imitar esse modelo não é fácil. Tanto a Microsoft como a Samsung possuem suas próprias lojas de varejo, mas estão longe do sucesso extraordinário da Apple nessa área. Talvez o Google tenha de encontrar sua própria fórmula em vez de apenas copiar a da rival.

 

Com informações da INFO

Miniprojetor inspirado no Instagram será lançado

Projecteo usa fotos do Instagram em estilo retrô | Foto: Divulgação

Projecteo usa fotos do Instagram em estilo retrô | Foto: Divulgação

Se você está no Instagram – quem não tem, né? – com certeza adoraria ver suas fotos de gatos e comida projetadas na parede de casa, como nossos pais faziam nos anos 80 e 90. Você até poderia pensar em exibi-las direto do smartphone via HDMI, ou transferir para o computador e de lá passá-las pro projetor, mas seria fácil (e espaçoso) demais. O Projecteo nasceu para satisfazer os hipsters que ainda usam equipamentos físicos!

O inventor Benjamin Redford criou o produto e muito em breve ele pode parar na sua sala. Depois de arrecadar fundos pelo portal de crowdfunding Kickstarter, o projeto deve ganhar o coração dos compradores a partir de março, quando as maquininhas serão enviadas de Londres para o resto do mundo. Basicamente, é um miniprojetor de slides de imagens de 35mm absurdamente portátil. Ele vem com um aplicativo para iPhone, onde você pode customizar as rodas de projeção de slides a partir das suas fotos do Instagram e imprimi-las em filmes, para serem projetadas no aparelhinho.

Tão pequeno e tão funcional, já dá pra pensar em sair levando o Projecteo na mala de viagem e poder conferir suas recordações sempre que quiser, em qualquer superfície e de um jeito bem vintage. A edição vendida no Kickstarter teve exemplares vendidos a partir de apenas US$ 25 (cerca de R$ 49,16). Para saber mais sobre a iniciativa, confira o blog da empresa. Aproveite para ver mais fotos do gadget: