Tinder do Apple Watch usa batimentos cardíacos para dar match

Hands-Free Tinder dá 'match' na rede social pelos batimentos cardíacos do usuário | Foto: Divulgação

Hands-Free Tinder dá ‘match’ na rede social pelos batimentos cardíacos do usuário | Foto: Divulgação

Já pensou poder dar “match” em alguém no Tinder sem sequer usar as mãos? Com um novo experimento desenvolvido para o Apple Watch, isso é possível. A tecnologia, criada pela agência americana digital T3, mede os batimentos cardíacos do usuário através do smartwatch para determinar se ele curtiu ou não a foto do(a) pretendente.

Chamado de Hands-free Tinder, o aplicativo consegue detectar se a frequência cardíaca da pessoa aumentou enquanto ela observava a foto, e se sim, ele automaticamente dá like. Porém, se o coração do usuário não bateu mais forte ao ver as imagens da outra pessoa, o app dá o “nope”, característico do programa.

Apesar de ainda não ter previsão para ser lançado, a T3 garante que o software chegará em breve às lojas da Apple. Além disso, a empresa criadora do aplicativo está planejando uma versão específica do programa para os usuários de relógios inteligentes com Android Wear.

Com informações do The Next Web

Gostou do post? Compartilhe no Facebook!

Apple usa fotos tiradas com iPhone 6 em outdoors

Depois do comercial filmado com iPads 2 (aqui), a Apple acaba de anunciar a veiculação da campanha “Shot on iPhone 6”, com peças impressas e out of home produzidas com fotos tiradas pelos próprios consumidores.
Segundo o site da Adweek, a Apple garimpou as imagens na internet e irá formar sua campanha com fotos de 77 pessoas, de 70 cidades, espalhadas por 24 países mundo afora.
O objetivo, claro, é ressaltar a qualidade da câmera do aparelho.
Confira algumas imagens e visite a galeria completa aqui:

via.

LISTA: 12 produtos da Apple que não deram certo

É errando que se aprende. É o que diz a velha máxima e, pelo menos no mundo da tecnologia, ela parece ser verdade. Grandes empresas da área sofrem com algumas invenções que não deram certo. Pensando nisso, o Business Insider resolveu compilar 12 invenções da Apple que não deram certo como a empresa da maçã esperava.
Confira:

iPod Hi-Fi

O conjunto integrado de caixas de som e dock para o iPod acabou decepcionando por causa da qualidade do som emitido, já que os competidores do mercado forneciam melhor performance.

Mouse “disco de hóquei”

Lançado para ser usado no primeiro iMac, o mouse “disco de hóquei” acabou provando ser desconfortável para os usuários e obrigou a Apple a reconsiderar a sua ergonomia.
Continue lendo…

Lista: 5 coisas que seu Mac faz e talvez você não sabia

Macs têm usuários muito mais passionais sobre seus computador do que os PCs costumam ter. Por isso, se você é um deles, vai gostar de saber dessas dicas obscuras sobre o uso do Mac. Confira:

1. Faça cálculos sem abrir a calculadora

Para fazer contas direto na dashboard, digite o cálculo do problema na função Spotlight do seu Mac. O resultado será exibido abaixo do campo de busca.

2. Fure a fila da impressora

Não é bem isso, pode ficar tranquilo. Mas o Mac permite que você selecione todas as impressoras disponíveis e ele imprima da primeira que ficar livre. Vá em ‘system preferences’, ‘printes & scanners’, escolha as impressoras possíveis e crie um ‘pool’ de impressoras. Quando você for imprimir, você pode selecionar aquele grupo de impressoras em vez de uma só.

3. Esconda rapidamente uma janela

Pra aquelas horas em que você está acessando qualquer coisas que não deveria no trabalho e seu chefe se aproxima: aperte ‘command’ + ‘h’. ‘Command’ + ‘m’ esconde tudo que está rodando no computador naquele momento: vai tudo pro seu dock.

4. Assine documentos digitais

O Mac torna muito fácil incluir assinaturas em documentos digitais. Primeiro, assine em um papel branco comum com caneta preta. Vá em ‘preview’ no Mac, ‘preferences’ e ‘signatures’. Em seguida, ‘create signature’ e segure sua assinatura em frente à webcam. Voilà: basta salvar e usar quando precisar.

5. Economize bateria

Clique no ícone de bateria no topo da tela para ver, sob o título Apps Using Significante Energy, os softwares que estão usando mais da sua energia.

Já conhecia todos esses hacks? Veja mais dicas como essa no blog Hacks na Vida! 🙂